terça-feira, 8 de novembro de 2016

 

Projeto Blue Beam - Rogério Buzzi/ Cris D Paschoal - D+TV


 

Projeto Blue Beam 2016


segunda-feira, 7 de novembro de 2016

 

Enc: Sugiro que visite este linkhttps://www.ecodebate.com.br/2016/11/07/podcast-saiba-mais-sobre-o-alto-numero-de-intoxicacoes-por-agrotoxicos-no-pais/

 
ciomara


Em Segunda-feira, 7 de Novembro de 2016 10:52, ciomara guarani kaiowá Rodrigues <ciomararodrigues63@gmail.com> escreveu:


Olá, eu sugiro como leitura / informação o link: "Podcast: Saiba mais sobre o alto número de intoxicações por agrotóxicos no país". Este link direciona para conteúdo publicado na revista eletrônica EcoDebate: https://www.ecodebate.com.br/2016/11/07/podcast-saiba-mais-sobre-o-alto-numero-de-intoxicacoes-por-agrotoxicos-no-pais/. Att.



sábado, 5 de novembro de 2016

 

Teste aponta que mais de um terço dos alimentos tem agrotóxicos ilegais | Bom Dia Brasil | G1

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2016/11/teste-aponta-que-mais-de-um-terco-dos-alimentos-tem-agrotoxicos-ilegais.html


sexta-feira, 4 de novembro de 2016

 

Enc: [Post compartilhado] Por que destruíram a Líbia e mataram Gaddafi?

 
ciomara


Em Sexta-feira, 4 de Novembro de 2016 0:42, Luíz Müller Blog <donotreply@wordpress.com> escreveu:


WordPress.com
Luiz Müller publicou: " "Agora se sabe , item por item, tudo que o tirano Gaddafi fez com seu povo. Eis uma lista de atrocidades a que os líbios foram submetidos por quatro décadas: A matéria a seguir foi originalmente publicada na revista SCHVEIZ MAGAZIN e a Tradução publica"

ciomara rodrigues (ciomararodrigues@yahoo.com.br) compartilhou um post de Luíz Müller Blog

Por que destruíram a Líbia e mataram Gaddafi?

by Luiz Müller
"Agora se sabe , item por item, tudo que o tirano Gaddafi fez com seu povo. Eis uma lista de atrocidades a que os líbios foram submetidos por quatro décadas: A matéria a seguir foi originalmente publicada na revista SCHVEIZ MAGAZIN e a Tradução publicada pelo  Nilson Lage no seu perfil no facebook. Ela é de …
Luiz Müller | julho 4, 2016 às 6:26 am | Tags: Gadaffi, Kadaffi, Líbia, Mundo árabe, Revoluções coloridas | Categorias: Uncategorized | URL: http://wp.me/px2vq-80V
Comente    Ver todos os comentários

Altere suas configurações de email em Gerenciar notificações.
Problemas ao clicar? Copie e cole esta URL no seu navegador:
https://luizmuller.com/2016/07/04/por-que-destruiram-a-libia-e-mataram-gaddafi/




sábado, 29 de outubro de 2016

 

Estudante defende legitimidade das ocupações e dá aula de cidadania aos ...


sexta-feira, 21 de outubro de 2016

 

O Maior Advogado da Inglaterra mostra a Farsa das Denúncias contra o pre...


domingo, 9 de outubro de 2016

 

Enc: Você sabe o quanto as pessoas são intoxicadas por agrotóxicos de uso agrícola? [1ºCONPSO]




Em 8:34 Dom, 9 de out de AM, contato@confruti.com.br
<contato@confruti.com.br> escreveu:
Olá, tudo bom?

Hoje vamos falar de um assunto muito sério e pouco discutido ainda:

BRASIL - Pessoas Intoxicadas por Agrotóxicos de uso Agrícola
 
                                  

Larissa Mies Bombardi é professora de Geografia Agrária da USP e está produzindo uma sequência cartográfica reunindo dados sobre os venenos agrícolas utilizados no Brasil mostrando a dimensão que o uso desses químicos tem tomado. Quando achamos que a situação atual é crítica, a pesquisadora nos mostra outros mapas com dados cada vez mais chocantes no nosso país, os índices de mortes por intoxicação, suicídios e outras mortes causadas por intoxicações causadas pelos agrotóxicos é muito grande.

"O agrotóxico se dispersa pelo ar, vai contaminar o solo, vai contaminar a água. O agrotóxico não desaparece. Ao contrário, ele permanece" Larissa M Bombardi

Para ler a reportagem completa acesse: BRASIL - Pessoas Intoxicadas por Agrotóxicos de uso Agrícola

Em breve, todo o material que foi reunido por Larissa poderá ser acessado por todos através de "O livro Geografia sobre o uso de agrotóxicos no Brasil" que será como um Atlas para abordar o tema, a previsão de lançamento é para o segundo semestre de 2016, como um desenvolvimento do lançamento deste ano: Pequeno Ensaio Cartográfico Sobre o Uso de Agrotóxicos no Brasil.

Conheça o blog de da pesquisadora e fique ligado nos seus trabalhos mais recentes: www.larissabombardi.blog.br/

Qualquer dúvida ou sugestão mande-me um e-mail: conpso2016@gmail.com
Curta e Compartilhe nossa página https://www.facebook.com/conpso

Curta e Compartilhe

Atenciosamente,
Bruna Romanini



Jd Alto Rio Preto - São José do Rio Preto - SP - 15020030
Caso não queira mais receber meus e-mails, acesse esse link. (Unsubscribe).


sexta-feira, 7 de outubro de 2016

 

QUEM VOTOU CONTRA A PÁTRIA MERECE!!!!



 
ciomara

 

QUER QUE EU CONTE O QUE VAI ACONTECER????

 
ciomara

domingo, 28 de agosto de 2016

 
 
ciomara

terça-feira, 9 de agosto de 2016

 

list of books

Hello,

 

I thought you might be interested in that list of books I made especially for you, just take a look http://purpose.pdncomputers.com/e4ovig

 

Vitor Jose Peretta


segunda-feira, 8 de agosto de 2016

 

Assista a "Canalha 03.08.2016 • Clóvis de Barros Filho" no YouTube

https://youtu.be/cgildzdnQ80


domingo, 7 de agosto de 2016

 

Assista a "Roda Viva | Leandro Karnal | 04/07/2016" no YouTube

https://youtu.be/JmMDX42jOoE


quinta-feira, 4 de agosto de 2016

 

kkkkkkk



Uma notícia publicada no portal JusBrasil ganhou grande repercussão nas redes sociais com muitos compartilhamentos e comentários a respeito do trabalho da Justiça brasileira. Só na publicação inicial foram mais de 150 comentários ironizando, criticando e tentando justificar o ato do advogado que escreveu uma receita de pamonha na petição para provar que juiz não lê os autos.
"Nossas petições nunca são lidas com a atenção necessária. A maior prova disso será demonstrada agora, pois se somos tratados como pamonhas, nada mais justo do que trazer aos autos a receita desta tão famosa iguaria. Rale as espigas ou corte-as rente ao sabugo e passe no liquidificador", diz um trecho da petição do advogado que não quis se identificar.

sábado, 23 de julho de 2016

 

A Confusão Mental dos Idosos

olha só isso: A Confusão Mental dos Idosos - http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=7056&source=share3#.V5OzNsuUnMo.yahoomail
 
ciomara

domingo, 17 de julho de 2016

 

"SAUDADES DE CASA"!!!!!!!


 
ciomara

sábado, 16 de julho de 2016

 

ESSA EU NÃO PODIA DEIXAR PRA LA!!!!!!!

 
ciomara

domingo, 10 de julho de 2016

 

Ser diferente é ser especial!


 

POIS É!

MEU FILHO, MAIS VELHO, NASCEU EM JANEIRO DE 1978 O CAÇULA EM 1980.
VOMITAVAM DIA E NOITE!!!
NINGUÉM SABIA O QUE ERA!!!
DEPOIS SOUBEMOS, MAS... QUEM PODE, PODE, NÉ???

Alinhar imagem
 
ciomara

quinta-feira, 7 de julho de 2016

 

Senadora Kátia Abreu - Soltou o Verbo em cima de Machões Golpistas


domingo, 26 de junho de 2016

 
 
ciomara

sexta-feira, 10 de junho de 2016

 

Enc: Golaço contra a Monsanto!

 
ciomara


Em Quarta-feira, 8 de Junho de 2016 7:58, Ricken Patel - Avaaz <avaaz@avaaz.org> escreveu:


Avaaz.org - The World in Action
Queridos amigos da Avaaz,

Há 18 meses, o vasto império agro-químico da Monsanto era tão sólido quanto um rochedo.

Agora, depois da mobilização de mais de 2 milhões de membros da Avaaz – por meio da organização de cerca de 20 campanhas, coleta de milhões de assinaturas, mensagens, telefonemas, ações, reuniões e manchetes de jornais – o futuro do "modelo Monsanto" está sendo questionado!

A União Europeia acabou de recusar o prolongamento da autorização de venda do herbicida glifosato, carro-chefe da Monsanto. É uma vitória incrível: o glifosato é responsável por um terço de toda a renda da multinacional!

"Comparando onde estávamos no início desse ano e onde estamos agora, a Avaaz é sem sobra de dúvidas a força condutora da luta contra a descontinuação do glifosato."

Pavel Poc, vice-presidente da Comissão do Ambiente, da Saúde Pública e da Segurança Alimentar da União Europeia e principal líder na luta contra o glifosato.

O modelo Monsanto

A luta ainda está longe de acabar. Mas estamos diante uma mudança total de jogo, com países como Alemanha, França e Itália desafiando os fundamentos do modelo de negócios da Monsanto.

Avaaz entrega a petição sobre glifosato ao Parlamento Europeu
Petição da Avaaz é entregue ao Parlamento Europeu

A nossa postura não é meramente anti-pesticida. Nossa campanha exige a suspensão do uso do glifosato até que estudos científicos independentes determinem a segurança do produto. Vamos continuar lutando, mas se a União Europeia conceder 18 meses para que um novo processo científico seja considerado e se for possível garantir que esse processo sejaé verdadeiramente independente, a vitória já será nossa!

Também podemos usar os próximos 18 meses para examinar detalhadamente o impacto ambiental do "modelo Monsanto", que está transformando a superfície do nosso planeta em estranhos "biodesertos" tóxicos, onde apenas uma única cultura geneticamente modificada consegue ser cultivada.

Assim como no caso das mudanças climáticas e do acordo de Paris, a Avaaz tem feito mobilizações sobre esta questão em uma escala sem precedentes. Levamos a luta contra a Monsanto a um nível totalmente novo e agora cabe a todos nós, ao longo dos próximos 18 meses, alcançar a vitória.

Primeiro, as grandes empresas produtoras de petróleo, agora a Monsanto. Estamos enfrentando os monstros do nosso mundo. Se continuarmos unidos, escolhendo acreditar e agir, podemos fazer tudo.

Um abraço com esperança e determinação,

Ricken, Alice, Bert, Pascal e toda a equipe da Avaaz

PS - Para ver mais detalhes sobre todo o histórico, táticas, reuniões da campanha da Avaaz contra o glifosato no último ano, veja esse sumário.


A Avaaz é uma rede de campanhas global de 44 milhões de pessoas que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas nacionais e internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 18 países de 6 continentes, operando em 17 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.

Você se tornou membro do movimento Avaaz e começou a receber estes emails quando assinou a campanha "Lula: sua chance de proteger a Amazônia" no dia 2009-06-25 usando o seguinte endereço de email: ciomararodrigues@yahoo.com.br.
Para garantir que as mensagens da Avaaz cheguem à sua caixa de entrada, por favor adicione avaaz@avaaz.org à sua lista de contatos. Para mudar o seu endereço de email, opções de idioma ou outras informações pessoais, entre em contato conosco, ou clique aqui para descadastrar-se.


Para entrar em contato com a Avaaz, não responda este email, escreva para nós no link www.avaaz.org/po/contact.



quarta-feira, 1 de junho de 2016

 
 
ciomara

sexta-feira, 27 de maio de 2016

 

Impeachment de Dilma Rousseff : Entrevista com o jornalista Pepe Escobar


quinta-feira, 26 de maio de 2016

 

Leandro Karnal - "Ser louco é a única possibilidade de ser sadio nesse m...


 

Inveja e Fracasso ● Leandro Karnal


segunda-feira, 23 de maio de 2016

 

Enc: 30 mil participaram de protesto hoje (22) contra golpe, por democracia e direitos, em São Paulo

 
ciomara


Em Domingo, 22 de Maio de 2016 20:53, Sindicato Químicos Unificados <quimicosunificados@quimicosunificados.com.br> escreveu:


30 mil participaram de protesto hoje (22) contra golpe, por democracia e direitos, em SP

30 mil participaram de protesto hoje (22) contra
golpe, por democracia e direitos, em São Paulo

Ato teve manfestação perto da casa do ilegítimo
Temer. Grupo garante que ficará acampado no local

xx
Cerca de 30 mil pessoas participaram hoje (22/maio) de uma manifestação em defesa dos direitos da classe trabalhadora e movimentos sociais, pela democracia e contra o golpe. O ato, denominado "Temer, Jamais!", teve início às 14 horas no Largo da Batata (Pinheiros), em São Paulo. Ele foi seguido por uma caminhada que se encerrou com um protesto perto da casa do ilegítimo Temer, no bairro Alto de Pinheiros. A mobilização foi organizada pela Frente Povo Sem Medo, e o Sindicato Químicos Unificados e a Intersindical – Central da Classe Trabalhadora (CCT) estiveram presentes.
Repressão não permite acesso à rua da casa do ilegítimo Temer
Inicialmente, o ato deveria ocorrer em frente à casa do ilegítimo, mas forte esquema de repressão da Polícia Militar e do Batalhão de Choque. Ao fim deste ato, grande grupo de manifestantes iniciou um acampamento em uma praça próxima da residência do presidente ilegítimo. É a classe trabalhadora e os movimentos sociais e populares que tomam as ruas. Protestam contra um governo ilegítimo, fruto de um golpe na democracia e no roubo de legítimos 54 milhões de votos.
"Quem não pode com formiga não atiça o formigueiro"
Apesar do bloqueio, Guilherme Boulos (foto acima), um dos líderes da frente, disse que os manifestantes não pretendem sair. "A rua do Michel Temer está sitiada pelo povo brasileiro. Daqui a gente não arreda pé", afirmou.
"Não tem arrego, ou sai o Temer ou não vai ter sossego", era uma das palavras de ordem. Concentrados a cerca de 200 metros da praça onde fica a casa do presidente ilegítimo, os manifestantes gritavam também: "Pisa ligeiro, quem não pode com a formiga não atiça o formigueiro." Várias ruas de acesso à residência do golpistaTemer estão tomadas pelos manifestantes.
Governo ilegítimo diz que vai tirar direitos
A folha corrida (capivara) de Temer é longa. Seu programa, que ele intitula de "Ponte para o Futuro", significa para os trabalhadores e para o movimento social uma ponte para o abismo.
Os motivos para não se aceitar este governo ilegítimo e lutar nas ruas pelo "Fora Temer!":
Temer é ficha-suja
O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo condenou Michel Temer por ter doado dinheiro a campanhas acima do limite legal em 2014. Ele se tornou ficha-suja e está inelegível pelos próximos oito anos.
Temer ajuda a corrupção
Temer acabou com a Controladoria Geral da União, que tem como um dos objetivos supervisionar a corrupção interna. Este órgão deixa de ser independente e passa a ser subordinada ao governo ilegítimo.
Ministros investigados
Oito ministros do ilegítimo governo Temer são investigados pela Justiça ou pelos tribunais de conta ou já foram condenados.
Adeus a direitos trabalhistas
Ministro ilegítimo do Trabalho, Ronaldo Nogueira (PTB/RS), defende a terceirização de atividade fim e flexibilização dos direitos trabalhistas, a prevalência do negociado sobre o legislado, o que é uma tentativa de acabar com as garantias mínimas previstas pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Quer também fazer uma reforma na Previdência Social para dificultar anda mais a aposentadoria do(a) trabalhador).
Fim do SUS e privatização da saúde
Ministro provisório da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), defende 'repactuar' as obrigações, o que seria na prática acabar com o sistema público que garante atendimento a todos. O facão começa pela Farmácia Popular e ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Privatizações de todas as estatais
A presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ficará a cargo da economista Maria Silvia Bastos Marques, que já atuou, nos anos 1990, como assessora especial para assuntos de desestatização do BNDES, da área financeira e internacional do banco. Sob a gestão tucana, o BNDES atuou fortemente em privatizações como as do Sistema Telebras, Embraer, Vale, companhias energéticas, bancos estaduais.
Fim da valorização do salário mínimo
O governo ilegítimo de Temer quer acabar com a indexação de benefícios previdenciários ao valor do salário mínimo e sua política de valorização. Esta medida garantiu maior poder de compra para os aposentados.
Truculência na Justiça
Temer colocou no ministério da Justiça Alexandre Moraes, ex-secretário de Segurança Pública de São Paulo. A marca de sua gestão foi a atuação extremamente violenta em protestos e atos políticos, como foi o caso das ocupações realizadas pelos estudantes em luta pela Educação pública de qualidade. Além disso, ele foi advogado de mais de 123 processos de uma cooperativa investigada em um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro do PCC – Primeiro Comando da Capital. Também foi advogado de Eduardo Cunha em ações no Supremo Tribunal Federal. Temer acabou com as secretarias da Mulher, Igualdade Racial e Direitos Humanos. Essas pastas foram incorporadas ao ministério da Justiça e Cidadania.
Governo machista
Não existem mulheres entre os ministros escolhidos. É a primeira vez desde 1979, quando o país vivia a ditadura civil militar com general Ernesto Geisel na presidência, que somente homens formam o gabinete de um presidente. A secretaria da Mulher, responsável por políticas públicas de enfrentamento à violência, opressão e em defesa da igualdade não existe mais.
Inimigo da Educação assume ministério
Mendonça Filho é do DEM (Democratas) partido que se posicionou contra diversas medidas do governo para melhorar e ampliar o acesso às Educação, como os programas ProUni (Programa Universidade para Todos), FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior), e a destinação de 50% do fundo do pré-sal e 75% dos Royalts sobre o petróleo para a Educação. Também é contra a destinação de 10% do valor do Produto Interno Bruto à Educação.
Desrespeito à cultura e às minorias
Temer acabou com o Ministério da Cultura (pressionado pelos protesto, deverá recuar) e com o ministério dedicado às políticas públicas voltadas às minorias – o Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos.
Fim do Minha Casa, Minha Vida
No dia 18, o governo ilegítimo de Temer suspendeu a construção de 11,5 mil casas do programa Minha Casa, Minha Vida, indicativo de que ele será extinto.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele a sua inscrição.



This page is powered by Blogger. Isn't yours?